Financiamento Criativo 

Financiamento do Vendedor
Como vendedor, você tem a opção de financiar a compra com a sua cota de participação na propriedade. Você pode financiar parte ou toda a hipoteca para o comprador. Antes de estabelecer uma hipoteca particular, é aconselhável consultar seu advogado. 

Assumir uma segunda hipoteca
No caso de  "assumir uma segunda hipoteca", o vendedor empresta ao comprador parte de sua cota de participação. Neste cenário, o comprador financiaria a maior parte do empréstimo com um agente financeiro tradicional e o montante restante seria financiado pelo vendedor. De modo geral o comprador pagaria uma taxa de juros ligeiramente mais alta sobre o empréstimo financiado pelo vendedor.  

Questões Financeiras

O Preço de Compra
O preço de compra da propriedade é acordado mutuamente entre o vendedor e o comprador. Como vendedor, você deve saber antecipadamente que o comprador gostaria que você financiasse o negócio. Sabendo que você estará financiando o negócio poderá fazer com que você deseje ajustar o preço de venda.  

A Entrada
O valor da entrada poderá afetar positivamente o comprometimento do comprador em honrar o contrato do financiamento. Quanto mais o comprador  investir na entrada, mais forte será sua motivação para proteger o investimento. Além de efetuar os pagamentos mensais, o comprometimento do comprador irá incluir o desejo de manter e modernizar a propriedade, bem como de pagar os impostos e o seguro.  

A Taxa de Juros
No mínimo, a taxa de juros que você cobrar deverá equivaler às taxas de juros atuais  que os agentes financeiros tradicionais estão oferecendo para empréstimo no mesmo prazo. Você pode desejar cobrar um ponto percentual adicional como compensação pelo trabalho envolvido nos trâmites do empréstimo.  

O Crédito e a Renda do Comprador
Você irá analisar o histórico de crédito do comprador para determinar a sua disposição em pagar seus débitos. Um relatório de crédito lhe dará uma noção mais clara do histórico financeiro do comprador.  Red flags (sinais de alerta) irão incluir pagamentos atrasados e padrões de empréstimo.  Se um comprador possuir um histórico de crédito pouco recomendável, você poderá decidir não fazer o empréstimo ou poderá solicitar uma entrada maior. Além do histórico de crédito do comprador, você deverá analisar as fontes de renda do comprador. O salário do comprador é suficiente para fazer os pagamentos mensais? O comprador tem fontes de renda adicionais que poderiam ser utilizadas se o comprador perdesse seu emprego?    

Amortização
O período de amortização é o tempo durante o qual o empréstimo é quitado. Quanto maior o tempo de amortização, mais tempo você estará arriscando que o comprador se exima do pagamento.

Balloon Payment (Pagamento Final)
Uma prática comum é fazer o montante total do empréstimo ser devido em uma certa data, normalmente de 5 a 10 anos. Como cedente do empréstimo, isso lhe dá um investimento rentável de curto-prazo com a garantia de que o seu investimento principal será recuperado em 5 a 10 anos somente.  

Após 5 a 10 anos o comprador estará normalmente em melhor situação para obter um financiamento tradicional. Tanto a cota de participação do comprador na propriedade como o registro da pontualidade dos pagamentos da hipoteca poderão ajudar o comprador a obter um empréstimo para cobrir o pagamento final.  

Escrow for Tax and Insurance (Custódia para Impostos e Seguro)
Os agentes financeiros normalmente exigem que os mutuários paguem 1/12 dos seus impostos anuais e despesas com seguros como um depósito em garantia devido em cada pagamento da hipoteca. Então, o agente financeiro faz o pagamento dos impostos e seguro anual do mutuário. Embora isso acrescente tempo e  inconvenientes ao vendedor-financiador, também o protege da triste situação de ter um comprador que faz seus pagamentos da hipoteca mas não dos impostos e/ou do seguro.  

Seguro de Direito à Propriedade do Cedente 
Um investimento inteligente é a apólice de seguro de direito à propriedade do cedente. Essa apólice lhe dá a garantia de que a propriedade não será afetada por uma reivindicação ou outros interesses que recaiam sobre ela, os quais, se exercidos, iriam prejudicar sua segurança em relação à propriedade. Itens que poderiam afetar seus direitos como vendedor-financiador incluem casamento, divórcio, morte, falsificação, sentença por danos financeiros, a omissão de pagamento de impostos estaduais ou federais, e outros. Assegure-se de incluir o custo do seguro de direito à propriedade do cedente como um dos gastos do comprador no fechamento do contrato.

Fechando a Venda
Tanto o comprador como o vendedor serão responsáveis pelo pagamento das despesas normais de fechamento do contrato. Você também irá desejar que o comprador pague todas as despesas associadas com a preparação do financiamento da hipoteca. Isto irá incluir as despesas com seu advogado para fazer o registro da hipoteca.


English French German Portuguese Spanish